quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Oremos, irmãos, por um grande 2009

"Oremos, irmãos e agradeçamos aos nossos inimigos
Agradeçamos à esposa ciumenta
pois na cabeça dela somos sempre felizes com a amante
Agradeçamos ao marido enganado
porque ele nos verá sempre saciadas pelo amante másculo e viril
Agradeçamos ao empregado que nos imagina sempre
a comer mercedes e a andar de caviar
e também ao patrão que julga que com o que nos paga
fazemos férias todo o ano em Varadero
Agradeçamos ao inquilino que nos sonha a nadar em dinheiro
ao senhorio que nos vê a comprar plasmas com o que devia sera sua renda
e ao menino que nos inveja na escola porque acha que o nosso pai
nos deixa jogar nintendo até altas horas e nos compra prendas depois de deitar
Agradeçamos ainda à menina que pensa que não ter pais é bué da fixe
e ao ateu que julga que a nossa religião nos facilita os contactos
e também ao religioso invejoso que gostaria de também poder fazer o que lhe dá na real gana
e já que estamos com a mão na massa agradeçamos firmes e hirtos à pátria lusitana
cujas áreas de lazer fazem inveja até já a Copacabana
Agradeçamos ao solteiro que gostaria de estar casado
e ao casado para quem o solteiro orgia de manhã à noite
Agradeçamos ao contabilista que sonharia ser artista
e ao artista que gostava de ser bom a fazer contas só por causa das coisas
Agradeçamos à fadista que cobiça o estrelato das popstars
aos roqueiros que gostariam de chegar a velhos sendo novos
e às vedetas que não desdenhariam ter alma ou, pelo menos, soul
Sartre, francês e errado, disse: o inferno são os outros
Muito pelo contrário, caro Jean-Paul
Os outros, sobretudo quando nos detestam, são o paraíso
E em verdade vos digo que boa parte da alguma felicidade a que podemos almejar em 2009
passar-se-á na cabeça deles "

Rui Zink

Texto aqui

Sem comentários: