quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Voley 08\09

Aqui fica a foto do ultimo dia de voley da "temporada" 08\09.


Em setembro começará nova temporada, como sempre às terças feiras por volta das 18:30. Já sabem, se gostarem de jogar voley, apareçam.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Definição

Li este texto no O Bom, o Mau e o Vilão. Achei uma excelente definição do tipico tuga. E como é obvio, vou cola-la aqui no chaparro.

"Ai se Portugal dependesse de nós
Para quem não tenha visto bem a sinopse do filme, vivemos num país onde a sacanice e a chico-espertice são, a par do bitoque, o prato do dia. Misto de optimista e cínico, acredito que um dia vamos lá, mas só se isso não depender só de nós.
Se depender só de nós, vamos continuar a fazer o que sempre fizemos. A deitar as culpas no Estado, esse monstro que, faça o que fizer, não faz nada do que diz. A deixar para amanhã. A amaldiçoar a Segurança Social, mas a continuar a receber subsídio de desemprego, apesar de trabalharmos e passar recibos verdes em nome do avô que já morreu há dois anos. A pedir crédito atrás de crédito, porque temos tanto direito a férias como os outros e carro com mais de 3 anos não é coisa que se apresente.
Além disso, se depender de nós a cultura vai continuar a ser uma coisa muito bonita em teoria, mas na prática preferimos gastar 250€ num telemóvel XPTO e no saldo do dito cujo, só porque até temos pontos e senão nunca mais se aproveita aquilo.
Dependendo de nós, os transportes deviam ser muito melhores, mas mesmo que fossem continuávamos a andar quase todos os dias de carro, nem que fosse para ter mais direito a dizer mal das gasolineiras e dos polícias que só querem fazer dinheiro à conta da nossa inocente vontade de ver os limites do carro ou beber uns copos com os amigos.
E, quando falarmos com a geração futura, se depender de nós vamos dizer-lhe que já não dão valor a nada, mas não vamos poder ensinar-lhes o valor das coisas porque nós próprios já não o sabemos. E, quando perguntarem porquê, vamos dar-lhes um telemóvel novo porque agora não temos tempo para explicações e vai dar a bola.
Mas vamos querer que sejam do nosso clube, que vibrem com o futebol, mas não com os futebolistas que, se dependesse de nós, não ganhariam um décimo daquilo que ganham. Tirando se o nosso filho der um dia um pontapé na bola. Aí, tudo o que ele tiver é merecido e, se depender de nós, faremos tudo para garantir isso.
No fim de tudo, se depender de nós, vamos estar fartos de políticos, mas não de politiquices. Vamos dizer a quem quiser ouvir como deviam ser as coisas, mas que não esperem pelo nosso voto, que ele é como nós e tem mais que fazer. Se depender de nós, Portugal deve mudar, desde que a mudança não comece por nós.
E assim em Portugal, se depender de nós, tudo depende dos outros."

“Be the change you want to see in the world.” Mahatma Gandhi

Nota

Jogador rejeita durante dois anos sair de clube. Jogador rejeita dois anos ser emprestado. Jogador fica dois anos a treinar sozinho. Jogador leva carga de porrada num estacionamento da cidade do Porto. Jogador não faz queixa da agressão. Jogador aceita rescindir contrato e assinar por clube servil.
Moral da historia: Esta historia lá tem moral?

Ps. Então e aquele penalti e as duas expulsões ao minuto 64? Ah, isso já deve ter moral.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Irmãos Mariscos

Obrigado André!

Nodicias Bizarras voltam a atacar..

"Um nigeriano de 26 anos planeia casar-se com a sua almofada, uma vez que não consegue arranjar uma namorada, noticia o Daily Times. Okeke Ikechukwu, que tem problemas de gaguez, garante que não consegue aproximar-se das mulheres.
«Tenho necessidades e já durmo com a mesma almofada desde os 16 anos. Com o tempo, apaixonei-me e pretendo passar o resto da vida com esta almofada. Será a companheira perfeita», disse."
Se um gago chamado Rui custa a dizer o seu nome, imagino um gago chamado Okeke Ikechukwu. E quando depois de ler esta historia, o que me chama a atenção é o nome do gajo, algo está mal...
"Um norte-americano foi detido após ter sido apanhado a simular relações sexuais com o seu próprio carro, em Albuquerque, no estado do Novo México, EUA, informa a G1. Danny Brawner, de 46 anos, estava semi-nu, movimentando-se como se estivesse em pleno acto sexual e gritava de satisfação. As testemunhas ficaram chocadas, segundo relatos da TV KRQE.
Segundo o relatório da polícia, o homem parecia estar bêbado ou drogado. Certo é que acabou preso acusado de exposição indecente."
Pois é, e com os sentimentos do carro ninguem se importa.
"Um homem de 60 anos foi condenado pelo Tribunal por ter apalpado a Minnie. A mulher estava a trabalhar vestida de namorada do Mickey, na Disney World, em Orlando, nos Estados Unidos, noticia «O Globo».
O visitante da Disney World foi condenado a 180 dias de prisão condicional, 50 horas de serviço comunitário e vai ter de pagar uma multa de mil dólares. Durante o julgamento, a mulher acusou Moyer de lhe ter tocado no peito e nas nádegas, mas o arguido sempre negou. O tribunal decidiu ainda que Moyer deve escrever uma carta de desculpas à vítima, bem como ser submetido a uma avaliação de saúde mental."
Foi preso por apalpar uma.... mulher de um rato.

E-Golo

Bem, já começou mais uma edição do fantastico e viciante E-Golo. Por isso toca a registar um mail no Mais Futebol, e com esse user fazerem as vossas equipas.
A Liga aqui do sitio já está activa, e à espera de jogadores destemidos. O vencedor do ano passado foi a equipa "os escalfados", que venceram ao sprint na ultima jornada. Quem será o proximo?
O codigo da Primier Chaparro League é 3LWFGW. Adicionem no separador "ligas".
Estamos à sua espera!

Ps. Agradeço que à medida em que entrarem na nossa liga, deixem aqui nos comments a quem pertence cada equipa.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Exemplo

Vi no blog do Pedro Ribeiro este caso. O Bolt é que teve todo o mediatismo, mas por vezes o desporto tem destas coisas.
"A senhora chama-se Savannah Sanitoa, e correu a final uma eliminatória feminina dos 100 metros, do alto dos seus 90 quilos. Fez 22 horas de voo para poder participar e não ficou em último, não senhora.
O desporto é feito de grandes feitos, como o do jamaicano Usain Bolt. Mas também do esforço e da dedicação total de quem compete só porque ama o desporto. Esta senhora diz que competir a este nível é um sonho, estar ali com as melhores do mundo um privilégio e que o seu lema é "aprender algo novo todos os dias"."

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Rest my case

"A noite já ia longa quando três homens encorpados abordaram Adriano no parque de estacionamento da discoteca do Forte, em Vila do Conde, e o deixaram muito maltratado. O avançado do FC Porto - que há largos meses se treina afastado do grupo, recusando-se a aceitar propostas de transferência do clube - foi atingido na cabeça com violência e sofreu um forte traumatismo craniano que o obrigou a ser transferido do hospital da Póvoa de Varzim para o Hospital de S. António, no Porto, onde teve alta ao princípio da tarde de ontem.
O jogador, que tem contrato com o FC Porto até Julho de 2010 e que custou ao clube 1,2 milhões de euros, sofreu também escoriações no braço direito e foi atingido ainda na zona do tronco. Só as pernas escaparam à fúria dos agressores, que fugiram após o ato bárbaro.
O avançado, de 30 anos, manteve-se ontem incontactável, ele que estava acompanhado pela namorada na popular discoteca que aproveita parte do forte quinhentista de S. João Baptista. O jogador brasileiro, recorde-se, quebrou o silêncio há poucos dias para dizer o seguinte a Record: "Quando eu decidir falar, saiam da frente pois irei contar tudo."
O caso deverá ser objeto de queixa policial a fim de se apurar as responsabilidades desta agressão na calada da noite."
in Record

É preciso dizer alguma mais alguma coisa?

1ª Jornada

Não estáva com grande vontade de escrever um post sobre o arranque da liga em Portugal. Mas já que o André deixou ai a dica num comment abaixo. Aqui fica. É quase um post apenas para abrir espaço a comentarios. Visto que foi uma primeira jornada muito pouco interessante.
Falando em coisas pouco interessantes, comecemos mesmo por ai. Empates de verde e azul. Não vi estes jogos, entre a 1ª jornada e os alteirinhos, prefiro os alteirinhos. Apenas vi os resumos, e vi que estas equipas se viram gregas para trazer uns pontinhos das suas deslocações. A registar a continuação da vaca cornelia do Sporting, que me parece ser o mais fraco dos ultimos tempos. Quanto aos de azul, nada a dizer.
O que realmente interessa no meio de tantos empates, visto que o Braga foi a unica equipa a conseguir os tres pontos, é o resultado do glorioso.
Mais uma vez, e por causa de ainda ser verão, cheguei da praia apenas a tempo de ver a segunda parte. E gostei do que vi. Quer dizer, quase tudo. Como nada é perfeito, e como eu sou um teimoso do pior, aquele Cardozo é mesmo horrivel! A exibição do Benfica foi muito boa, e a segunda parte foi um completo massacre. Não fosse aquele penalti do David Luiz (ainda não vi bem o lance que me pareceu estranho. Nos comments alguem que deixe opiniões sobre isto pff) e teria sido uma vitoria justissima. Mas não foi. O Cardozo goleador, falhou o penalti. E para variar, deu-me mil razões e mais algumas para não gostar dele. Fraca mobilidade, pressão zero, egoismo, falta de visão de jogo e alguns lances a roçar o ridiculo, como o ultimo lance da partida, em que de costas para a baliza e ainda fora da area, tentou cabecear para golo em vez de tentar servir os seus colegas. Bem já chega, senão a liga de defensores do tacuara ainda se junta para me limpar o sebo. O Jesus, justificou a fraca exibição do Paraguaio pelas suas longas viagens durante a semana a serviço da selecção. E aqui chega uma duvida, se Cardozo não estava em condições, porque jogou? Há alguem que me saiba dizer o porque de Keirrison não ter sido convocado?
Esperemos agora por quinta-feira para ver se o Benfica rectifica o resultado do fim de semana no jogo das competições europeias.
Esta não é uma opinião só minha, ja falei sobre isto com varios benfiquistas. Poderemos continuar sem ganhar o campeonato, mas a atitude da equipa, só por si, já merece o nosso apoio.
Nota para Weldon que já nos ofereceu um ponto. É um jogador que no momento não entra nas contas dos titulares, mas que poderá ser sem duvida uma grande mais valia no plantel. Suplentes de qualidade são indispensaveis. Nota também para Saviola, espero mais dele. Parece-me um pouco preso de movimentos para um jogador da sua estatura.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Post Verde (parte 2)

Depois do primeiro post sobre energias renovaveis no concelho, já fiquei esclarecido sobre alguns assuntos. Tenho pena de não haver uma maior discução aqui no blogue sobre isto, pois gostaria de ter o maior numero de opiniões possivel. Não será este tema interessante o suficiente?
Em conversa com o meu colega Bruno, ele relembrou-me de uma medida muito interessante que está a ser tomada por algumas autarquias de Portugal. A substituição da iluminação publica por lampadas economizadoras. E até fazer uma iluminação inteligente, o que já é praticado em varios pontos. Seria também uma iniciativa interessante. Acho que não é feito em nenhum local do concelho. Estou enganado?

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Post Verde

"A Costa Sudoeste constitui uma das faixas litorais menos afectadas pela intervenção humana e têm características biofísicas e ecológicas únicas no contexto europeu."
"Portugal, e em especial o Alentejo, apresentam um considerável potencial de recursos energéticos renováveis devido, a uma elevada exposição solar, a uma rede hidrográfica relativamente densa e a uma frente marítima que beneficia dos ventos atlânticos."

É com estas frases retiradas do site da Camara Municipal de Odemira, que começo este post. Este post que apenas pretende ser uma questão, que espero que me seja respondida por quem tenha respostas para me dar.
O tema Ambiente é cada vez mais uma bandeira de tudo e de todos, e com muita razão. Mas meus amigos, não basta falar, temos de agir. E a pergunta que faço com este post é: O que realmente está a ser feito no Concelho de Odemira?
OK temos o maior EcoCamping dos arredores. Mas e o que realmente importa? No site do municipio estão referidas apostas a nivel do ambiente, como "o Município de Odemira tem vindo a reforçar a utilização de energias alternativas." E é aqui que eu pergunto a quem me possa responder. O que foi feito?
Olho em volta e não vejo nenhum daqueles moinhos para produção de energia dentro do concelho. Vejo-os assim que passo as fronteiras do concelho mas cá dentro ainda não dei por eles. Gostaria que se existem me dissessem onde estão. E se não existem, porque razão não existem? E em termos de energia solar, também acho que poderiamos apostar muito mais. E não estou a falar a nivel privado. Não seria importante a serem as entidades oficiais a dar o exemplo? Por exemplo, edificios como o tribunal, a camara, o centro de saude, os equipamentos desportivos, o edificio do parque natural, não deveriam ja estar dotados de painéis solares fotovoltaicos e de aquecimento de aguas? Estão eles dotados destes sistemas? Se estão, são essas respostas que procuro com este post.


Noticias relacionadas enviadas para o chaparro:
Radio Pax
Diario Digital
Maré Alta
Energias Renovaveis

sábado, 8 de agosto de 2009

Diario do Sudoeste

Este post, tal como o nome indica vai ser um diario do SW2009. Ao longo dos dias de festival, vou escrever o que tenho a dizer sobre cada dia de festival, e só no final colocarei o texto.

Dia 1 - Aquecer os motores. - Chegámos com calma ao recinto, e sem filas nem complicações comprámos os bilhetes e colocámos as pulseiras. Azul tal como no ano passado, acho que dava mais uma vez para entrar à pala com a pulseira do ano passado (já é o 3º ano com a pulseira azul).
Lá dentro, a primeira coisa que salta a vista é que a Montanha Russa não tem o mesmo charme da Roda Gigante. O recinto está bem maior, e a tenda Planeta Sudoeste está melhor. Este vai ser um festival mais calmo, pois é o 1º festival da Inês, e ela ainda curte isto de maneira diferente.
Depois de umas compras pelas barracas, vi o final dos FUNKyou2 e esperei pela actuação da noite. Estava com algum medo de estar realmente pouca gente, mas assim que David Guetta começou a tocar, vi que afinal o recinto estava bem composto. A meio gás claro, é quarta-feira e é apenas a recepção ao campista. O concerto foi mesmo muito bom, e foi um bom começo para o festival.
Dia 2 - Isto é o SW - Depois de mais um dia de praia, chegámos a tempo de ver Macaco. Na segunda aparição na Herdade da Casa Branca deram um bom concerto, pena não terem merecido uma maior assitencia. Mas é hora de jantar, e o pessoal ainda se dispersa muito.
Depois começou o concerto da noite, e um dos momentos altos do festival. Buraka arrasaram, e assim que começou o concerto, e olhei para trás, vi um mar de gente a correr chegando-se ao palco principal. Ai tive a certeza de que afinal o festival não tinha pouca gente. É certo que está longe das enchentes de outros tempos, mas está bem composto. Voltando a Buraka Som Sistema, pouco mais a dizer. Que grande malha! Nota ainda para a sandocha de porco no espeto que soube a pato.
Dia 3 - As surpresas - Dia de praia, mas cheguei cedo para ver o Carlito Marron. Carlinhos Brown deu um bom concerto. Começou com cerca de cem pessoas a ouvi-lo no palco principal, mas acabou com o recinto já bem composto, e visivelmente chateado de ser obrigado a ir embora depois de ter chamado o publico ao palco principal. Seguiu-se Madcon. Não é a minha onda e aproveitei para ir jantar. Comi qualquer coisa japonesa que não me lembro o nome. Obviamente fiquei com fome e tive de reforçar com uma tachadinha para ficar no ponto.
Logo em seguida a primeira descoberta deste SW. Muchachito Bombo Infierno. Não vi tudo, mas adorei o que vi destes espanhois. Mereciam claramente lugar no palco principal, e não sei se não os veremos em edições futuras. A tenda Planeta Sudoeste foi pequena para tanta gente que vibrou com os espanhois. Adorei!
Seguiu-se o concerto da noite. Mariza. Não gosto daquelas expressões que tentam sempre fazer comparações como "a nova Amalia" ou "o novo Eusebio". Mariza é sem duvida a diva de Portugal. Mariza brilhou no SW, e provou que o fado tem espaço entre o publico mais jovem. Mariza superou o teste com vinte valores.
Seguiram-se os Deolinda. Bem, aqui chegou outra surpresa. Mas pela negativa. Como definir melhor o que achei do concerto dos Deolinda do que com a palavra: secante! Não aguentei ve-los por muito tempo, e ao deslocar-me no recinto reparei que os grupos que tocaram nos palcos secundarios devem ter ficado muito agradecidos aos Deolinda pela exibição. É que os outros palcos estavam ao barrote, e até o concerto merdoso de Shaggy estáva super animado e repleto de publico aos saltos. Este dia ficou por aqui.
Dia 4 - O Dia - Chegámos cedo ao recinto, e aproveitei para comprar umas T-Shirts da IDWear, e trocar dois dedos de conversa com o seu criador. Pode ser que no futuro poste mais qualquer coisa sobre estas t-shirts. Seguiu-se uma descida no recinto para nos irmos posicionar para ouvir Blind Zero.
O concerto não foi mau, a banda tocou algumas das suas musicas mais antigas, mas ficou-me a sensação de nunca ter conseguido agarrar o publico. Acho-os uma boa banda, mas com pouca ligação com o publico e atitude em palco.
Quem agarrou o publico foram os senhores que se seguiram no Positive Vibes e que nos ofereceram uma grande Skazada. Mad Caddies. Bom concerto da banda da California.
E a seguir o momento da noite, e mais que provavelmente o momento do festival. Faith No More. Não há muito a dizer. Grande malha! Grande forma. Voltem depressa! Foi a grande enchente no recinto, e calculo que estivessem mais de trinta e cinco mil festivaleiros.
Depois de Faith No More, e para tentar combater a debandada geral de publico, chegou Etiene de Crecy e o seu cubo magico. Ficou muita gente a ver e ouvir, e aposto que o cubo deve ter proporcionado muitos filmes e fotos nessas camaras e telemoveis. Acabámos a noite, no estacionamento, sem bateria no carro, a fazer um encosto para poder ir embora. Obrigado ao simpatico amigo da Passat cinzenta! Amanha há mais.
Dia 5 - A despedida - O ultimo dia de sudoeste começou com um bom concerto de Gomo. Infelizmente, e como se passou com todos os concertos das 20h, Gomo teve muito pouco publico a ve-lo. E Gomo merecia bastante mais, pois é do melhor que se faz por cá na Pop nacional. A organização deveria seriamente repensar o horario dos primeiros concertos. É injusto para os musicos terem de tocar sem publico, pois as 20h ainda está tudo a chegar da praia. Quase que compensa mais tocar num palco secundario mas a horas decentes, do que ser o primeiro concerto da noite no palco principal.
Depois de Gomo, ainda consegui ver metade do bom concerto de Virgem Suta. A banda de beja sem medo de ser original e diferente, consegue um som muito engraçado que está aos poucos a conquistar fans.
Seguiu-se Marcelo D2. O brasileiro esteve ao seu nivel, e conseguiu boas malhas. Aqueceu bem uma noite de altos e baixos.
Falando em baixos, aqui chega o baixo da noite, e a meu ver, o pior concerto que vi no sudoeste deste ano. Amy Macdonald. A menina deu um concerto secante e desinteressante. Não me levantei sequer do chão para a ver. Boa ideia da organização em trazer esta menina, assim deu uma horinha aos festivaleiros para irem desmontar a tenda, enquanto ela tocava para quem não tinha mais nada para fazer.
Seguiu-se mais um concerto de que não gostei. A lollipop Lily Allen deu um concerto muito sub-16. Mas o publico parece ter gostado, e é isso que interessa. Para mim foi um pouco demais, até uma musica da Britney ela nos fez gramar. Com um ar um pouco bebado, conseguiu ser rebelde o suficiente para fumar dois cigarros em palco, e acabar o que parecia ser uma vodka. A Lilly é uma maluca. Digna de uma personagem mesmo rebelde dos morangos. Uau!
Como de costume, o melhor estáva reservado para o fim. Infelizmente não pude ver o concerto até ao fim, mas vi boa parte dele. E Basement Jaxx rebentaram com o Sudoeste. Se não foi o melhor show do festival, estiveram muito perto. Só talvez ultrapassados por os Faith No More. Quando aquelas Hot Mammas abriam as goelas, a herdade da casa branca ia abaixo. Adorei.
Fazendo o balanço, passou-se mais um grande festival. E mesmo com um cartaz fraco, curti bastante. Para o ano há mais!
Nota1. Fotos IOL.

Nota 2. Adivinhem quem é o casal que aparece desfocado do lado direito da foto do IOL?

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Bizarro

Começamos a semana, com a já habitual passagem de olhos pelas noticias bizarras aqui do chaparro.
Começamos por um homem romeno de 48 anos engoliu dois martelos na tentativa de curar a sua prisão de ventre, refere a Globo.
Viorel Firoiu chegou ao hospital de Slatina, na Roménia, com fortes dores abdominais e aparentando estar bêbado.
Depois de efectuarem um raio-X, os médicos verificaram que o homem tinha dois martelos encravados nos intestinos.
Segue-se a Alemanha, onde a prostituição está legalizada mas, mesmo assim, parece haver limites ao negócio. Para combater a crise, surgiu um novo tipo de bordel que oferece, em troca de um valor fixo (70 euros), «sexo ilimitado». Ou seja, «tipo rodízio».
Já em espanha, não ha rodízio mas a crise parece ter feito nascer uma nova profissão em Espanha: os serviços domésticos eróticos. O trabalho, segundo escreve a BBC, é uma mistura de limpar, cozinhar, lavar e passar a ferro. Só que as actividades são levadas a cabo com «erotismo». Alguns anuncios propõem, por exemplo, «casa e comida em troca de sexo. Ou então, oferecem 20/30 euros para que os serviços domésticos sejam feitos quase sem roupa ou mesmo sem roupa».
Para acabar, falamos de James May que se tornou conhecido do grande público através do programa sobre carros da BBC Top Gear, mas nunca escondeu a sua paixão por brinquedos. Agora, o apresentador lançou um desafio: construir uma casa de Lego, de dois andares, para viver. Segundo avança a BBC Brasil, o seu maior objectivo é «celebrar os brinquedos mais amados da Grã-Bretanha».
O popular apresentador está à procura de voluntários que o ajudem a «construir» a casa e, ainda, lhe enviem peças para conseguir o tamanho desejado. É certo que não irá viver nesta mansão de Lego, mas durante uns dias irá morar na casa de sonho de muitas crianças do mundo. Viva o marketing.