segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Mais uma ficha, mais uma viagem.

E quando já estávamos a ressacar, volta em força o futebol. E com tudo a que temos direito e a que estamos habituados. Vitorias do Glorioso, empates do Sporting, tricas, negociatas, escândalos, crises, enfim... é só escolher o melhor assunto para ter à mesa do café.
Optei por não fazer posts na silly season, pois cada vez menos tenho paciencia para ler e falar dos 20 guarda-redes que estiveram certos no Benfica, ou do Enzo que de manha fica e à tarde sai, mas que de noite já não sabe. Usando aquela maxima do treinador batido no mundo do futebol, "só falo dos jogadores que estão no plantel". Não é bem assim mas é quase.
O Benfica, mesmo com a enorme machadada na qualidade do seu plantel, entrou com o pe direito na época. Duas vitorias importantes, que dão credito, confiança e permitem ao treinador mais tempo para trabalhar.
O quarteto defensivo parece estável, Jardel tem estado certinho, que é o que se lhe pede, pois não lhe podemos pedir que seja Garay. Esperemos para ver o que tem para ofereces Lisandro e Cesar. Esperava muito do primeiro. Eliseu, tem-me convencido. E as coberturas defensivas que tem dado, algumas importantes até do lado oposto à sua área de intervenção, são optimos indicadores. Ate para a nossa selecção.
No meio campo quando regressar Fejsa as opções ficam mais arrumadas. Obviamente temos de esperar pelo desenrolar da novela Enzo. Mas também é verdade, que não sobreviveríamos sem, Javi, depois sem Matic, e agora não sobreviveremos sem Enzo. Enzo é o meu jogador preferido do plantel, mas também sei, que quando sair, aparecerá outro. O futebol é isto.
Mais para a frente, a machadada foi mais forte. Embora tenha alguma fé em Derley, vejo-o como alternativa a Lima, crendo que a falta de Rodrigo, teria de ser culmatada por um avançado mais fino, de nível superior. Salvio empolga a bancada, mas ter Salvio não é a mesma coisa que ter Markovic, e nunca será. É uma pena ver Salvio decidir mal em 95% dos fantásticos desiquilibrios que consegue causar física e tecnicamente. Gaitan é o bastião de qualidade que ainda sobra no processo ofensivo, vamos ver até quando. Ao contrario da maioria, gosto de Ola John. A capacidade de decidir é excelente, a de passe também. Falta-lhe o sangue, certo. Vamos ver se o tal click chega a aparecer. Potencial enorme. Jara não tem qualidade para fazer parte do plantel, e Nelson Oliveira tenho quase a certeza que também não. (sobre este espero ano apos ano que me contrarie). Adoraria ter visto Bernardo a ser trabalhado por JJ, adaptado numa ala com movimentos interiores à lá Markovic. Essa seria a minha opção. Não foi essa a ideia.
Ouve-se que Pizzi está a ser trabalhado para ser o novo Enzo. Veremos.
Talisca ainda não é jogador para ser titular no Benfica, e não o será durante muito tempo.
Tiago Bébé tem pontencial, veremos se quer aprender a ser jogador de futebol. Para mim seria um dos dois avançados.
Precisamos claramente de guarda-redes. Ou dois.
Para acabar, preocupa-me mais quem ainda não chegou, do que quem saiu, pois todos sabemos que as negociatas de hoje em dia, impossibilitam a permanência dos bons jogadores. Creio que faz falta ainda no plantel um Guarda Redes (não conheço o Grego, e adoraria ter Forster, Matt jones parece-me um excelente jogador), Se Lisandro não se afirmar precisamos de um central. Um 6 puro, Danilo não vem mas seria a minha escolha. Filipe Augusto também seria uma boa opção para o plantel. É preciso um avançado, fino, de qualidade, que desequilibre, e um ala com as mesmas características.
Veremos o que acontece até fiz do mês.

Ps. Leonardo Jardim será despedido brevemente.