quarta-feira, 22 de junho de 2011

Reescreva a historia (genial)

Absolutamente genial este anúncio a um corrector.
Um caçador encontra um urso e uma voz (deste lado) diz-lhe que dispare. O caçador nega-se a matar o urso, agarra num corrector, apaga a palavra do título do vídeo e diz-nos para escrever um verbo nesse espaço (em inglês, claro), reescrevendo desse modo a historia. Muito giro.
Tentei "play ball" "burn" "party" "shopping"... sejam criativos e vejam o resultado.

AQUI

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Uma questão de fé?

"Nunca percebi muito bem a dificuldade que algumas pessoas têm em entender que certos orifícios têm uma função específica e não se tratam propriamente de depósitos ou "gavetas corporais" para irmos guardando os objectos que entendermos, mesmo que os estimemos muito e por essa razão façamos questão que nos acompanhem para todo o lado. Há outro tipo de formas de o fazer: nunca ouviram falar no chamado saco de plástico? Carteira? Mochila? Mala? Porquê no ânus meus amigos?

E são múltiplos os casos de inserção de todo o tipo de objectos estranhos em partes do corpo. Coisas que fazem sentido ser utilizadas, consumidas ou veneradas no exterior mas que alojadas no recto ou no cólon não se percebe muito bem para que servem, ou o que ali estão a fazer.
Cenouras, pepinos (cuidado com a e-coli), garrafas de Fanta e Coca-cola de 33 cl e de licor beirão (fantasias com El português?), latas de todo o tipo de refrigerantes, frascos, tubos do aspirador (limpeza intestinal?), comandos da televisão, do vídeo e do ar condicionado (para refrescar?), cabos de martelos e outro tipo de ferramentas, e houve até o caso de uma senhora da zona de Anadia que entrou nos HUC com o futuro cunhado acoplado à traseira, ambos enrolados num lençol. Acho que não é preciso dizer que o casamento não se realizou.
Mas o pior está para vir. E mesmo acreditando que muitas pessoas sentem, por uma questão de fé, ter a Nossa Senhora dentro delas, já me custa mais entender qual a relação entre isso e o facto de num Hospital em Coimbra ter dado entrada um senhor com uma estatueta da Nossa Senhora de Fátima enfiada no ânus, com a desculpa de que andava nu em casa e tropeçou. Pelo menos teve o discernimento de não usar como desculpa o catolicismo praticante para a realização de tamanha façanha. É que até na religião convém estabelecer alguns limites. E não entendo como é que por enfiar uma Nossa Senhora de Fátima no rabo, mesmo tratando-se de promessa, a vida desta pessoa pudesse melhorar de alguma forma.
Conclusão: parem por favor de usar o rabinho como armazém para todo o tipo de coisas, não tem piada nenhuma para quem tem de as retirar do interior e os contribuintes/Estado não têm obrigação de comparticipar este tipo de bizarrias.

PS: aos mais pudicos que vierem mostrar-se muito indignados com estas linhas fiquem cientes que a minha indignação é tão grande ou maior do que a vossa, pelo que me solidarizo com as vossas palavras."

Por Tiago Mesquita AQUI.

sábado, 18 de junho de 2011

Sudoeste 2011

Mais uma grande noticia no cartaz do SW2011. Kanye West! Referencia também para a presença de Luisa Sobral, uma das meninas bonitas da musica portuguesa do momento.
Bom cartaz este ano, sem duvida. E Ainda faltam mais novidades! A ver vamos.
Aqui fica o cartaz até agora:

3 de Agosto
Palco TMN
Thomas Gold, DJ Ramesh, Dr. Ramos.

4 de Agosto
Palco TMN
Amy Winehouse, Janelle Monáe, Raphael Saadiq, Eliza Doolittle.
Palco Planeta Sudoeste
Andreya Triana, Destroyer, Bag Raiders, Jamie Woon.
Palco Groovebox
Gui Boratto, Sierra Sam, Zé Salvador & Serginho, Bart.
Palco Positive Vibes
Like the man said, Burro Banton, Asian Dub Foundation, Richie Spice, Faya Fex.

5 de Agosto
Palco TMN
Kanye West, Underworld, Patrice, Deolinda, Marcelo Camelo.
Palco Planeta Sudoeste
Clã, Cuca Roseta, Luísa Sobral, dEUS.
Palco Groovebox
Raresh, Cassy, João Maria & António Alves, Miguel Neto.
Palco Positive Vibes
Bloco Bleque, Junior Kelly, Queen Ifrica feat. Tony Rebel, Sentinel, Big Badda Boom.

6 de Agosto
Palco TMN
David Guetta, Scissor Sisters, The Script, Valete, Mexican Institute Of Sound.
Palco Planeta Sudoeste
Nouvelle Vague com Rui Pregal da Cunha, King Khan & The Shrines, Marina Gasolina, Choc Quib Town.
Palco Groovebox
Zip, Mara Trax, Rui Vargas & André Cascais, Hugo Santana.
Palco Positive Vibes
Agir, Alpha Blondy, Mr. Vegas, Nu Bai, Tony Matterhorn.

7 de Agosto
Palco TMN
Swedish House Mafia, The National, Interpol, Filipe Pinto.
Palco Planeta Sudoeste
Zola Jesus, Neon Indian, Givers, Polock.
Palco Groovebox
Richie Hawtin, Hello? Repete SS, Stereo Addiction, Freshkitos.
Palco Positive Vibes
Souls of Fire, Inner Circle, Konshens, Firestarter Sound, Supersonic VS. Herb-a-Lize It.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Pequena Reportagem

Fica aqui a "Pequena Reportagem" do programa Especial de Salvador Martinha. Tema: Portugal.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Vinte e um

Capitão, simbolo, entrega e respeito. Um dos melhores avançados de sempre do nosso futebol. Um dos jogadores com mais anos de casa, golos e sofrimento pelo clube.
Nunca esquecerei os dois golos nas antas, festejados a apontar para o simbolo de campeão!
Não concordo e não consigo entender esta atitude do clube.
Cardozos? Melgarejos? Pff...
Só isto a dizer, desilusão e incompreensão.
Foste e ainda és um grande jogador, e irás fazer falta!
Felicidades Nuno!

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Exemplo a seguir



Não sei se hei-de dar destaque à importancia que Steve Jobs dá à parte ambiental das infra-estruturas, se ao amor pela sua terra, e à convicção em investir nela, e faze-la andar para a frente com mais e melhor infra-estruturas. Sei que este é sem duvida um exemplo a seguir.
Sei também, que num outro nivel financeiro (infelizmente), há muita gente de Odemira, principalmente jovens, que adoravam trabalhar, investir, e fazer a sua terra evoluir, pelo amor que lhe têm.
Neste momento é o contrario que acontece. Não são dadas hipoteses, nem incentivos aos jovens da nossa terra para cá ficar, morar, trabalhar e muito menos investir. E esta-se a notar uma debandada em massa das nossas terras. Esse deveria ser um assunto no top das prioridades politicas da nossa politica local, e sinceramente parece-me esquecido. Dar oportunidades e incentivos reais aos jovens do concelho para que possam cá viver, e fazer a nossa terra andar para a frente é essencial para a sustentabilidade da nossa terra. E se não acontecer, cada vez mais a nossa população vai envelhecer, e mais dificil vai ser voltar atrás e resolver o problema. Não podemos pensar apenas que ter praias (algumas das melhores do pais) é suficiente para sobreviver. Não é! Tem de existir um investimento sustentavel, para criar emprego, riqueza, qualidade de vida, vias de acesso, transportes, etc.
Para conseguir isto tudo é preciso dinheiro. É verdade, e esse é um grande problema. Mas mais importante que o dinheiro, é a vontade. E é essa que é indispensavel Será que há essa vontade?

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Taça Coca-Cola (o outro lado)

Não quis falar logo sobre isto. A prestação da equipa do Odemirense foi boa demais para que estragasse aquele post a falar sobre este assunto. Mas agora tenho de o dizer.
Embora o numero de pessoas que passam aqui pelo chaparro seja pequeno, tenho de o partilhar, e aqui é o melhor sitio.
Estou a falar da pessima organização da fase final do torneio Coca-Cola.
Quando participámos na fase de apuramento, em Silves, etapa essa ganha pela nossa equipa, a organização foi optima. E tudo correu sem o menor problema. Mas isso não se passou na fase final, no centro de estagios do Clube Corrupto na Forma Tentada. O que não dá para entender, visto todo o equipamento presente nesse centro de estagios.
No dia do torneio, da parte da manha jogou-se no Olival um jogo dos iniciados do CCNFT contra aquele outro clube de riscas verdes. E esse facto obrigou que na parte da manha não houvessem jogos no campo nº1. E isso entende-se perfeitamente. Mas tudo o resto é incompreensivel. Os jogos foram transferidos para um relvado no "cu de judas" que nem tinha direito a banco de suplentes. À chegada, as equipas nem tiveram direito a balneario, tendo que se equipar em tendas, que nem uma simples cadeira tinham dentro. Equipando-se portanto no chão. Durante os jogos, os jogadores de todas as equipas rodeavam o chão do terreno de jogo, sem sequer ter uma sombra para se abrigar de um sol abrasador das 10 da manha às 14 da tarde de um dia bem quente. A tenda com bebidas situava-se a pelo menos 500m do campo de jogos, e o WC nem sei onde ficava, mas seria de certeza ainda mais longe. No terreno de jogos existiam apenas duas bolas "morte de porco". Quando estas iam para longe, demoravam seculos a voltar. E visto que os jogos eram de duração reduzida, isso complicava muito a vida das equipas. Mais vergonhoso ainda, foi a maneira como foi tratado o publico, que teve de assistir aos jogos da 1ª fase de longe, sem se poder aproximar do campo de jogo. Os pais dos nossos jogadores fizeram cerca de 1000 km nesse fim de semana para ver os filhos jogar, e tiveram de o fazer ao sol, de pé, agarrados a uma rede no canto do campo nº2. Que ainda fica a uma distancia muito razoavel.
Na hora de almoço fomos brindados com um saco "gourmet" que vinha a ser a nossa refeição, saco esse que continha uma sandes de panado, uma mini-sandes mista (quando digo mini, era mesmo mini), uma banana (verde e dura quem nem cornos) e um yogurte.
A 2ª fase foi menos má. Fomos tranferidos para o campo nº1. Onde pelo menos já havia bancadas, banco de suplentes, wc (às escuras) e sombra. Mas na hora de vir embora, tivemos de andar a perguntar onde se podia tomar um banho, pois já acreditavamos que teriamos de trazer os jogadores sem pelo menos um duche na viagem para baixo. A muito custo la entendemos que o CCNFT teve a amabilidade de disponibilizar dois balnearios para banhos. Um para os participantes masculinos, e outro para os femininos. De lembrar que participaram 20 equipas, com 16 jogadores cada uma.
De referir também a atitude de André Villas-Boas. Que foi padrinho da competição, mas que na verdade só foi padrinho dos jogadores da final. Só apareceu no centro de estagios, na hora da final, rodeado de seguranças (não fosse um jovem ter a audacia de pedir um autografo ao senhor) e directo para o interior das instalações, fugindo ao contacto com os jovens. Uma atitude deploravel a meu ver.
A organização da parte da Coca-cola foi pessima, e parece-me que os meios postos pelo CCNFT ao dispor da organização estiveram também longe dos necessarios.
Torneio que não dignificou nem marca nem o clube que o apadrinhou.

sábado, 4 de junho de 2011

Taça Coca-Cola

Orgulho!

Odeio perder! Não sei perder, e tenho um mau perder do pior! E desta vez não foi diferente. Ainda para mais sabendo do valor destes miudos, e vendo a maneira como fomos eliminados. Mas uma coisa de cada vez.
Depois da grande surpresa para todos, e das merecidas vitorias na etapa do Algarve da Taça Coca-Cola em que ficaram no 1º lugar, os Juvenis do Odemirense, equipa da qual faço parte da equipa tecnica, rumaram ao Porto, para a fase final deste torneio.
Partimos de Odemira na sexta-feira dia 3 de Junho rumo ao Estadio do Dragão, onde fizemos uma visita guiada, e jantamos. Dormida em Guimarães. O Sabado começou bem cedo, com a partida para o centro de estagio do Clube Corrupto na Forma Tentada.
O primeiro jogo contra uma equipa apurada na etapa de Braga, foi dominado pelo nervosismo. Mas aos poucos a equipa foi acentando o seu jogo, e acabou por fazer o 1-0 final no ultimo minuto, depois de uma boa jogada de Tiago Matos pela direita, e com o ponta de lança Rui Neto a encostar para a vitoria. Com estes tres pontos, o apuramento ficava praticamente garantido. E só uma conjugação anormal de resultados nos colocaria fora do torneio.
O segundo jogo foi contra a equipa apurada na etapa de Coimbra. A Naval 1º de Maio, equipa que ficou alojada na mesma pousada que o Odemirense. De acordo com o seu treinador, que em conversa com elementos da nossa equipa, a Naval era a "equipa sensação" com alguns jogadores acima da media, e já cobiçados por grandes clubes.
A verdade é que este foi o melhor jogo que já vi os Juvenis do Odemirense fazer, desde que faço parte da equipa. A equipa dominou por completo, com uma organização fantastica, e uma tranquilidade anormal. A qualidade da posse de bola foi enorme, de pé para pé, num jogo muito agradavel e bonito de se ver, em que os atletas conseguiram fazer aquilo para que treinam semanalmente quase na totalidade. Os golos foram tardando, e foi já nos ultimos minutos que a cereja no topo do bolo surgiu! David Roque, na marcação de um livre directo, faz um grande golo, coroando uma exibição fantastica da equipa. E foi isso que se notou nos festejos deste golo. A equipa!
A passagem aos quartos de final, e o 1º lugar do grupo estavam então garantidos, e mais que merecidos.
O jogo dos quartos de final foi mais complicado e dividido. E se é verdade que a equipa apurada na etapa de Lisboa com quem jogámos dominou em termos de posse de bola, também é verdade que as unicas oportunidades de golo foram do Odemirense. Com destaque para uma defesa fantastica do guarda redes lisboeta a remate de Rui Neto.
O jogo foi para o desempate para grandes penalidades, e o Odemirense acabou por ser eliminado. Mas este resultado não mancha em nada uma participação brilhante.
Na minha opinião, esta equipa do Odemirense merecia ter disputado a meia final, e ai iria defrontar a equipa apurada na etapa de Evora. Tudo poderia acontecer.
Parabéns a todos, voces sabem o vosso valor! Acreditem nele! Eu acredito!
Voces são os maiores!

Ps. Acabei de saber que a equipa da Naval 1º de Maio ganhou o torneio, batendo na final a equipa de Lisboa que eliminou o Odemirense. Mostra assim que o seu treinador até tinha razão, e que foram mesmo a "equipa sensação".
Visto que o Odemirense ganhou à Naval, e de maneira inequivoca. Merecendo completamente a vitoria, este facto vem mostrar o equilibrio entre estas equipas, e faz-nos ter a certeza que podiamos ter vindo do Porto com a taça debaixo do bolso.
Este facto faz-me também ficar com uma azia desgraçada!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Já não há moicanos!

Todos sabemos dos moicanos, cujo último representante morre no fim de um romance chamado, não coincidentemente, O último dos moicanos.
E hoje sai a noticia de mais uma especie que definitivamente acaba. Desapareceu finalmente a Ultima das Virgens.
Se sabiamos pelo romance como tinha morrido o ultimo dos moicanos, já saber como tinha ocorrido o acto que acabaria de vez com a ultima resistente convicta da especie seria mais dificil, pensaria o cidadão comum. Mas não, também isso se tornou um autentico romance, ou novela que é mais apropriado.
Mas do que é que eu estou a falar pergunta o mais distraido? Estou a falar de Margarida Menezes, a orgulhosa presidente (hoje ex-presidente), e unica socia do famoso Clube das Virgens.
Pois a nossa Margarida, depois de há dias atrás nos ter presenteado com o video da cirurgia em que coloca uma mamocas novas, vem hoje contar nos jornais que já não é mais virgem. E não só conta que aconteceu, mas inclui até na entrevista ao Correio da Manha alguns detalhes mais tecnicos.
Para além de ter acordado para a vida, e ter entendido que não há principes encatados, a Margarida conta que tudo aconteceu com o ex-namorado depois de tudo ter terminado. Diz que foi tudo muito divertido e comico, mas que a coisa que não gostou foi da duração. Pelas palavras dela "Quando dei por mim já tinha acabado".
Margarida diz-se também surpreendida com o toque do corpo masculino, mais uma vez nas suas palavras "As minhas amigas diziam-me que o pénis é suave como a pele dos golfinhos, e tinham razão. É muito macio e suave, e não me fez impressão.".
Margarida que agora trabalha numa discoteca e com umas mamocas novas, diz-se disponivel para viver a vida.
Há também outros ditados populares que embora não sejam nem novelas nem romances possuem muita sabedoria. Há um que fala da pescada, que antes de ser já o era. Mas também há o conhecido Yo no creo en brujas pero que las hay... las hay. Por isso acreditem no que quiserem, que eu faço o mesmo.
Seja como for, foi assim que caiu, supostamente, a Ultima das Virgens!

Para quem tiver Facebook, passe por AQUI para ouvir a versão musical desta historia!