terça-feira, 30 de junho de 2009

A Bomba do Dia


OK, não é bem do dia porque é uma noticia com alguns dias já. Mas como eu só a li hoje, para mim é do dia!

Donaltim processa Fatima!
Uns fazem piadas, outros prestam homenagem, mas no fundo todos sentem respeito por um artista que marcou definitivamente a minha geração. Como é óbvio eu não poderia deixar de comentar a notícia que apanhou o mundo de surpresa e que tem estado presente nas conversas de toda a gente. E o grande Donaltim não deixa ninguem indiferente.
O 24Horas fez capa com o assunto dizendo que José Freixo, o ventríloquo e Donaltim, o pato fantoche, foram despedidos em Janeiro, do programa da manhã da SIC. Na primeira pagina do 24, o artista garante que vai processar a produção do programa… diz que ganhava mais de 2500 euros por mês e que nem indemnização lhe pagaram após 6 anos e meio de dedicada colaboração… uma outra colaboradora do programa, a cartomante Maya diz que o ventríloquo está a ser injusto e mal agradecido para com quem o ajudou…
Duvido que José Freixo precise de ajuda. Um artista à frente do seu tempo, não devem faltar oportunidades de trabalho para este homem inovador. Fascinam-me o arrojo, a coragem, a ousadia que José Freixo tem ao rejeitar por completo a já muito velhinha (e batida) "escola" do ventriloquismo que obriga os ventríloquos a falar de boca fechada, ao fazê-lo de boca aberta, como quem fala normalmente.
Isto, meus amigos, é classe. O ventríloquo que ficará para sempre na nossa memória como o único ventríloquo que alguma vez ousou quebrar todos os dogmas do muito conservador universo ventriloquista, ao "ventríloquar" de boca aberta. E como ele o fazia. Ninguém no mundo mexe tão bem a boca a ventriloquar como José Freixo.
Uma ultima palavra para a verdadeira estrela Donaltim. Um artista que trabalha anos a fio em condições terriveis, e sempre de sorriso no bico. Não deve ser facil actuar constantemente com um braço metido pelo anus a cima. Sacrificio esse, visivel na voz tremula e fragil de um pato, que no entanto tem sempre uma palavra amiga.
Donaltim, estas ultimas palvras são para ti. Força neste momento difícil da tua vida. Tenho a certeza que vais conseguir dar a volta por cima!
Abraços.

domingo, 28 de junho de 2009

Batota? nah...

«Em determinado período da minha carreira cheguei a um clube que tinha uma grande equipa, um belíssimo treinador e um presidente carismático. Para além destas qualidades, existiram outros ingredientes que facilitaram o nosso percurso vitorioso. Devo dizer que antes de ir para este clube nunca tinha tido qualquer experiência com doping (pelo menos conscientemente)»

“Em certos treinos víamos um ou dois juniores que apareciam para treinar connosco. Esses juniores não estavam ali porque eram muito bons ou porque tinham de ganhar experiência. Estavam ali para servirem de cobaias a novas dosagens. Um elemento do corpo clínico dava cápsulas ou injecções com composições ilegais a miúdos dos juniores (...) Diziam-lhes que eram vitaminas e que a urina era para controlo interno.”

«Se um jogo fosse ao domingo, o nosso médico sabia na sexta ou no sábado quais as partidas que iriam estar sob a tutela do controlo antidoping. Mal tinha acesso à informação, avisava todo o plantel e o dia de jogo acabava por ser directamente influenciado por essa dica»

Citações retiradas do livro «Jogo Sujo», de Fernando Mendes e Luís Aguilar (ed. Livros De Hoje, Grupo Leya).

Só para lembrar que Fernando Mendes jogou nos tres grandes de Portugal. Deste modo não sabemos qual é o grande clube, de presidente carismatico, que dopa jogadores. Ou sabemos?
Viva a verdade desportiva!

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Michael Jackson

Quer se goste, quer não, foi um marco na historia da musica mundial. No dia da sua morte, o Chaparro deixa aqui uma das musicas mais ouvidas de sempre. Thiller.



"Michael Jackson morreu, lá voltou de repente o génio, o inovador, o grande, o maior...tudo bem, nunca fui fã do artista (só do videoclip do Thriller), mas acredito que em vida ele teria preferido não ter sido tão atacado, tão acusado, tão gozado, tão esquecido até, para muitos que agora parecem reencontrar a "fé em Michael Jackson" mas que ainda há pouco tempo faziam piadas com criancinhas e o dito artista.Para esses só gostaria de deixar duas palavras... too late!"
in Camara dos Comuns

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Africa - A Causa

Texto retirado do site PNEThumor

"África. O berço da Humanidade. Terra de mil cores, mil cheiros, mil sonoridades, enfim, mil sensações. Continente dono e senhor de uma imensurável vastidão mas, ao mesmo tempo, de uma forma de viver tipicamente intimista. Apesar de todos estes factores atractivos, África depara-se com uma catadupa de problemas. Pobreza, fome e doenças são as áreas problemáticas conhecidas por todos nós. Todavia, existe um problema que tem vindo a ser constantemente escamoteado pela comunicação social de todo o mundo. Exactamente. O leitor adivinhou. O problema de que falo são, claro está, as moscas. Em todas as fotografias e filmagens de África que nos são dadas a conhecer, aparece sempre alguém com moscas poisadas na boca. Quer dizer, todas menos aquelas em que aparece o José Eduardo dos Santos. Ah, e aquelas outras em que aparece o Mugabe. Mas tirando essas, são todas. E como é possível que ninguém fale deste tema, pergunto eu?! Como é possível que, de forma absolutamente gritante, não haja vivalma que se dedique a chamar a atenção para esta incontornável questão?! Desculpe a revolta, leitor, mas isto mexe comigo. Por isso mesmo, acho que devo prestar serviço público e ser o primeiro a debater este polémico assunto.Fome? O Banco Alimentar promove mil e uma iniciativas que consistem no envio de alimentos para as zonas problemáticas. Doenças? Os Médicos do Mundo intervêm nesse aspecto. Então e as moscas? Quem combate esse flagelo? Não existe uma única organização que envie insecticidas para África. Não se conhece qualquer tipo de iniciativa que promova a implementação comunitária de mata-moscas nas aldeias africanas. Como podemos ser tão cruéis e insensíveis? É que a mosca é um bicho que chateia. De certeza que o leitor já passou pela incómoda experiência de estar a comer uma refeição e ter uma mosca a zumbir por cima do seu prato, sendo preciso que esteja sempre a afastá-la. Agora multiplique essa mosca por 15 e imagine-a a sobrevoar o bago de arroz daquela inocente criança do Mali. Pense naquela situação em que estava engripado e tinha uma varejeira a importuná-lo constantemente com o barulho que fazia enquanto esta batia, repetidamente, na janela. Ponha-se, então, no lugar daquela mulher com malária que tem que ouvir o barulho de 20 varejeiras a bater na palha da sua cabana. Complicado, não é? “Então mas se os gajos têm tanta fome porque é que não aproveitam as moscas que têm nos lábios e as comem?”, pergunta o leitor. Para além de extremamente cruel, mórbida e completamente fora de contexto, essa pergunta é, também, estúpida. Toda a gente sabe que uma alimentação baseada em moscas engorda bastante. E ninguém gosta de ficar com aquele pneuzinho extra. É também pertinente chamar a atenção para os milhares de situações que acontecem, por ano, nas quais um homem se distrai a afastar uma mosca e pisa uma mina. É que parecendo que não, a vida com 2 coutos em vez de 2 pernas torna-se ligeiramente mais difícil.Por as razões acima referidas peço a ajuda de todos. Enviem um donativo para a conta Nº 1154 2755 326. Se todos contribuirmos, conseguiremos cumprir o objectivo final desta causa: ter um mata-moscas eléctrico à porta de cada cabana (já que o tradicional saco com água pendurado à entrada não funciona, uma vez que aparece sempre alguém que a bebe).
Uma Pessoa Séria"
Texto do autor do blogue Não Se Brinca Com Coisas Sérias

quarta-feira, 24 de junho de 2009

São João - 24 Junho

Ontem como sabem festejou-se no PUERTO, a noite do Sao Joaum, que tem como ponto alto o fogo de artificio que durou cerca de 15m e não foi feio de todo, onde se deve ter gasto uns belos milhares de euros para a alegrar o povo, e o belo do martelinho, não, aquele que jogou no boavista, mas aquele que apita de cada ves que bates com ele na moina de alguem. Eu não sou um fan das Marchas e das Festas dos Santos Populares, e este ano até falhei a de lisboa, com alguma tristeza minha, pq calhou como sempre na noite bro do GEO TEAM 17, o Jojó, festejou mais um verão a juntar a tantos outros. Sorry!

Bem aqui fica uma piada sem piada dos santos populares by Contemporâneos da RTP.




PS:os nossos enormes parabens chaparristas aos já 31 verões do nosso bro João Miguel!

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Refrescante


Fim de semana refrescante este!
Não há bola, logo não há benfica para nos dar azias. Bom tempo, dias de praia fantasticos, boa companhia. Não há melhor.
A praia estáva fantastica. Calor qb e água do melhor que já provei este ano. Sabado, alterinhos. Maré vazia, e a água da meia laranja a apetecer ficar lá horas. Apenas lamentar o facto de ter chegado tarde a praia, e já não ter podido participar na peladinha. À noite, zambujeira by night. Aqui não há muito a dizer.
Domingo, o melhor dia de praia do ano (até ver). Malhão no seu melhor, pouca gente, calor, sol e mais uma vez um mar magnifico. Devo ter estado dentro de água mais de uma hora. Tantas incursões aos alteirinhos já me tinham feito esquecer o porque de o malhão ser sem duvida a minha praia preferida. Ontem relembrei o porque, e de certeza que isso vai fazer com que comece novamente a trocar os alteirinhos pelo o malhão. Só foi pena não ter conseguido ficar na praia até tão tarde quanto planeava. Não faz mal, não faltarão oportunidades.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Santos Populares 2º ano

Já no ano passado fiz um texto genial sobre os Santos Populares. Onde falava da diferente popularidade dos santos, e onde já atirava uns trocadilhos hilariantes sobre Jorge Jesus (modesto, eu sei). Podem ler esse texto AQUI se não tiveram o prazer de o ler, ou se simplesmente querem voltar a degustar tão brilhante texto. Ok, já chega de basofias, já parei.
O que há mais a dizer sobre os santos? Muito.
Por exemplo, as marchas. Sabado passado desloquei-me a São Luis para ver as marchas. Tou cá com uns programas nocturnos que vou-vos contar... Continuando, tive cerca de duas horas a olhar para um monte de gente em carreirinha, a acenar uns clinexs e com umas roupas em cetim ultra colorido. "Lindas roupas e lindas danças" dizia o mestre de cerimonias. Eu sinceramente batia palmas, e pensava se as pessoas estavam a ver o mesmo espetaculo que eu. É que às vezes acontece-me, principalmente no futebol. Geralmente com meu amigo Sandro Fernando, a televisão dele costuma dar jogos diferentes dos que dão na minha. Geralmente o que acontece é que o clube dele, que veste de azul e branco, na televisão dele não costuma ser benificiado, já na minha, o programa é outro... Voltando ao assunto, que roupas sao aquelas minha gente? Só o entendo se se tratar de algum tipo de reciclagem. "Temos ali uns tecidos horriveis que ninguem pega, vamos fazer trajes para as marchas.", assim já faz sentido, visto que ainda não existe um Tecidão no ecoponto. Mas a junção das cores já não consigo entender. Será um tipo de "quanto mais agressivas forem as cores, menos as pessoas entendem que os participantes são uns pés de chumbo", é que realmente ninguem consegue olhar directamente para um marchante (é assim que se chama?).
Os marchantes são outra perola, entre 2 ou 3 pessoas que parecem normais, e geralmente por amor à terra ou ao bairro não se importam de fazer uma figura triste durante uns minutos, há os outros. Os que parecem saidos debaixo de uma pedra qualquer, pessoas que nunca ninguem viu, que aparecem por geração espontanea apenas para ir participar nas marchas. Entre coxos, drogados, alcoolicos, malucos e malucas e crianças em lagrimas, temos de tudo. É só escolher, uma autentica caderneta. Visto isto, tou seriamente a pensar em participar no proximo ano numa marcha, acho que me enquadraria perfeitamente, visto ser também eu, um bom exemplar da familia dos cromos. Até poderei de levar um arco, mas não dispenso as flechas.
As musicas das marchas populares também são fantasticas. Geralmente feitas por talentosos poetas populares, e musicadas por ainda melhores musicos. Adorei que o autor da marcha da Zambujeira conseguisse encaixar num verso da marcha, a poetica frase: "diz que é paisagem protegida!". Bem tendo em conta que o grande Elvio Santiago dizia "vou-te bloquear, te excluir do meu hi5", meus amigos, a partir daqui tudo é possivel, o céu é o limite.
Para acabar falo-vos da evolução das tradiçoes.
Sexta feira, vespera de dia de St Antonio, mastro da Junta. Baile, sardinhas e caldo verde de borla, cerveja a pagar. Bandeirinhas, balões. E é aqui que está a evolução.
Entre musicas tradicionais do Santos como kizombas, forró e funáná. Eis que olho para o ceu e vejo, que os tradicionais balões, são de facto tradicionais. Mas, chineses. Não é que o pessoal da junta, se lembrou de meter balões chineses para enfeitar os mastros? O que se segue? Festejar entre o St Antonio e o São João o São LimPoPó?
Em breve terei fotos para ilustrar o Post.
Olhó balão, na noite de São João......

terça-feira, 16 de junho de 2009

Nas palhas deitado...

...nas palhas estendido. Não sei se nasceu numa gruta, ou se vem acompanhado de estrelinha. Mas diz-se que é desta que Jesus vai ser apresentado na Catedral.
Ao contrario do outro, este não nasceu em Belém, mas a sua já longa historia também passa por lá. E foi em Belém que começou realmente a dar nas vistas. Passou com sucesso por Braga, onde deve ter ficado conhecido por Bom Jesus de Braga, e agora chega ao Benfica. Vamos ver se este Jesus tem um bom desempenho, ou é apenas mais um Jesus decorativo espalhado por essas catedrais do mundo. Os Benfiquistas esperam que este Jesus traga realmente alegria a nossa catedral.
Voltando ao seu nascimento, não deve ser filho de uma virgem e de um carpinteiro, mas há definitivamente quem ache que os responsaveis por ele ter sido "dado à Luz" são um burro orelhudo, e uma vaca sagrada com um 10 nas costas.
Não tenho muita fé no original, não sou religioso, mas confesso que neste até tenho alguma. Não espero milagres, como se esperava do original, espero apenas que consiga levar os seus discipulos ao sucesso. E com isso encher novamente de fé a sagrada familia Benfiquista.
Como não me chamo Herodes, não vou ser eu a cruxifica-lo. Vou esperar para ver a sua capacidade de lidar com a pressão e com o peso das suas responsabilidades. E não é por neste momento acreditar que é o homem certo para o lugar, que se verificar que não é, deixarei de o apoiar.
Como ja disse não sou religioso, e não sigo cegamente nem homens nem religiões. Não seria agora que iria mudar. Acreditei em Quique, e mudei de opinão. Acho que a garra de Jesus pode ser importante, vamos esperar para ver.
Benfiquistas, não sejam também voces os Judas do clube, e deem ao novo treinador (Jesus ou não) o mesmo credito que dariam a um treinador estrangeiro. O que deram a Quique Flores por exemplo...
Tenham fé...

Amem...

Dear Penis

Um classico que relembrei hoje, quando o meu ipod me surpreendeu com esta musica la guardada no fundo do bau.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

ZMar - Uma verdade inconveniente!

"Turistas enganados por resort ecológico"

Notícia extraída do Jornal de Notícias de 13/06/09.

"Fizeram centenas de quilómetros para gozarem umas miniférias. Mais de meia centena de turistas foi obrigada a abandonar o Eco Camping Resort (Zmar), em Odemira, por não ter condições de higiene "devido a obras em curso".

Paulo Moreira diz ter feito 500 quilómetros com a família para poder usufruir de uns dias de descanso. "Quando chegàmos encontràmos um descampado sem árvores, sem relva, muito pó e com muitos serviços sem estarem prontos a funcionar", assegura, garantindo que quando fez as marcações não lhe disseram que o parque "estaria por concluir".

Paulo Moreira questiona mesmo se o resort "terá já licença de funcionamento", já que muitos dos espaços de pernoita encontravam-se ainda incompletos. "Vimos ainda os aparelhos de ar condicionado em caixotes", revela.

Paulo diz que ainda que tentou arranjar um hotel para poder passar a noite com a família, "mas estava tudo esgotado". Decidiu pernoitar no espaço e ontem acabou por sair. "Devolveram-me o dinheiro mas queriam que eu pagasse a noite que dormi, o que não fiz".

Para Helena Loureiro "o sonho transformou-se em pesadelo". Também ela e a família fizeram centenas de quilómetros para poderem usufruir de "um sonho que nos tinha sido transmitido pela internet e pela agência de viagens". O que encontrou "nem dá para descrever", garante. "Estava tudo sujo, fios de electricidade no chão, a piscina de ondas não existia, o ginásio tinha madeiras e martelos, as casas de banho nem água tinham", conta, assegurando que o resort "parecia um estaleiro".

A família de José Maria Sousa também está indignada com o que encontrou. "Percebemos que há atrasos, mas podiam ter avisado que o espaço não estava pronto", revela, adiantando que estiveram até às 22 horas de anteontem à espera que atribuissem um chalé. "Estávamos vários casais com crianças e ninguém nos deu uma palavra", assegura, garantindo que todos os visitantes assinaram o livro de reclamações.

O JN tentou o contacto com o resort, mas a recepcionista garantiu que não havia ninguém para comentar a situação. Depois de ter pedido para voltar a ligar novamente, o número de telefone deixou de dar sinal de chamada.

Na internet, o Zmar anuncia que está "aberto para testes com convidados" e que "só aceita reservas a partir de 1 de Julho". Diz que é o primeiro parque de campismo ecológico de cinco estrelas da Europa, construído em 90% com materiais reciclados e com um investimento de 30 milhões de euros."

A pressa é inimiga da perfeição!

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Descubra as diferenças!



Private joke! Eu sei...

Abraço Mr. Statler

He's Just Not That Into You



Devido a influencias de uma leitora aqui do Chaparro, que influenciou 8 almas a deslocarem-se ao cinema de Odemira, tive de gramar ontem com este filmezeco. Sim filmezeco, não passa disso. Um tipico filme de gaja, ao nivel do Mamma Mia.
Muito fraquinho mesmo este filme que conta no elenco com Ben Affleck, Jennifer Aniston, Drew Barrymore, Justin Long, Jennifer Connelly, Ginnifer Goodwin, Kevin Connolly, Bradley Cooper e com a unica coisa que se aproveita do filme, Scarlett Johansson. A historia baseia-se basicamente na insegurança de um grupo de mulheres que essencialmente não entende os homens. E ficamos por aqui. Não há nada mais a dizer sobre o film. No triste final do filme, os homens afinal são principes encatados, e tudo acaba em bem, uau, incrivel.
Pensei em fazer um post a dizer mal deste filme, mas é tão fraco que nem sequer tenho assunto para criticar. É apenas um chorrilho de clichés e estériotipos que chega ao cumulo de por Ben Affleck a viver num veleiro! Tirando duas ou tres piadas bem tiradas, a historia deste filme está contada.
Meninas, aposto que vão gostar por isso podem ir ver. Homens, fujam!

Ps. Até a capa do filme é pouco original. Ou para ser sincero, vulgar! Todas as capas de comedias romanticas sao iguais, é como os anuncios de artigos de higiene intima feminina!

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Fim de Semana

Tres coisas a registar neste fim de semana que passou!
Para começar, o inicio do Festival TassJazz Odemira. Coube a Maria João & Mário Laginha o arranque do Festival. Confesso não ser um grande apreciador deste genero de musica, mas marquei presença. Pelos comentarios que ouvi, parece que as pessoas não gostaram lá muito. Acho normal, não sendo o Jazz um genero facil de assimilar.
O sabado começou cedo, 9 horinhas (só para alguns). Afinal era o dia do 11º Encontro Anual dos Amantes da Sardinha Assada e da Mini Sagres. Compras feitas, toca a ir para as furnas montar o estaminé. Depois de um mergulho no Rio Mira para dois corajosos, e de uma chuvada matinal, lá se comeram as sardinhas, febras, entremeadas, salada de pimentos melao e melancia e tudo o que este evento oferece aos seus participantes. Este ano, e provavelmente devido à já avançada idade dos intervenientes, não houve entrega de globo de ouro, e tudo se passou com muita suavidade. Em breve, devem existir apontamentos fotograficos para ilustrar esta parte do post.
Domingo, Eleições Europeias. Não achei que tivessem havido grandes novidades, tudo se passou como se esperava. Uma descida do partido do governo, como é normal. Geralmente este tipo de eleições servem mesmo para os analistas começarem a falar em cartões amarelos ao governo. A registar o BE que sobe a cada eleição chegando a ser a terceira força politica mais votada destas eleições.
O que realmente me chateia, é a abstenção que atingiu 62,5% em Portugal. Não há tuga que não diga mal do governo e do Socrates, mas na altura de votar, ficam em casa. Há quem diga que é uma maneira de mostrar o descontentamento. Não acredito nisso. As pessoas não conhecem os politicos, os programas, os partidos, etc. A maioria das pessoas, ta-se completamente a cagar para a politica e para o civismo em geral. Toda a gente se queixa, mas ninguem faz nada para mudar nada! É assim o tuga! Até uma simples cruz, dá trabalho demais.

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Dois apontamentos...

... da Tertulia Benfiquista

"O meu Sport Lisboa e Benfica
Tenho esta mania de sentir o Benfica em todas as sua modalidades desportivas. Entendo este clube como um universo desportivo e não só como um pólo futebolístico. Para mim, este ecletismo e as gentes que arrasta consigo são um dos bastiões da força do clube. Para mim, este clube só está verdadeiramente pujante quando não se reduz ao que se passa no futebol. Por norma, o meu coração acelera o sangue da mesma forma descontrolada quando qualquer tipo de bola disparada por um atleta dos nossos entra decisivamente nas redes adversárias. Seja uma bola de futebol, seja de andebol, seja de basquete, seja de hóquei. Continuando a adrenalina a alastrar quando é a bola de vólei a tocar no soalho contrário, ou quando a Vanessa solta a fita que sela a meta, o Nélson rasga os limites na areia, a Telma conquista a força da sua oponente e por aí fora, desde que esteja a acompanhar um qualquer atleta que tenha bordado nas vestes este emblema que desde muito pequeno aprendi a desenhar e a colorir no papel e na alma.
Escrevo isto porque hoje, para mim, o Benfica não é o clube que deixou(?) fugir mais um jogador de futebol para o adversário do norte, nem o clube que mantém uma confusão estranha e absurda quanto aos tempos presentes e futuros de quem será o treinador da próxima época futebolística. Nem o clube onde não se percebe se os silêncios são melhores que os esclarecimentos ou onde as politiquices sub-reptícias pelo poder se cheiram em cada palavra que se lê e em cada gesto que ecoa.
Hoje, para mim, o Benfica é aquela equipa de andebol que ontem à noite enfrentou sozinha uma raiva destinada a todos nós que não estivemos lá para a apoiar. Uma equipa que se refugiou no emblema para mostrar um brio, uma vontade e uma força de ser Benfica que emociona e orgulha quem por eles, também, sente o clube. Uma equipa que mesmo não vencendo aquele jogo decisivo, não deixou de entregar aos benfiquistas o único troféu que verdadeiramente interessa: a vaidade de ser deste clube. Para eles aqui fica o meu sincero agradecimento e admiração. Nenhum título vale mais que a demonstração de coragem marcada no rosto pelas lágrimas que teimavam em cair enquanto os insultos não respeitavam o enorme carácter e devoção desportiva daqueles que, mesmo no fel da derrota, fizeram questão de assistir ao triunfo dos vencedores. Para mim, ser benfiquista é aquela nobreza.
Por isso, hoje o Benfica não pode ser a traição de um Pereira qualquer. O Benfica tem de ser a imagem da determinação com que o Carlos Carneiro enfrentou as sucessivas chapadas que lhe chegaram a face. A mesma firmeza com que o Ferreirinho entrega todo o corpo aos disparos adversários, conseguindo tantas vezes o sucesso colectivo à custa de dores que são só dele. E, sobretudo, para mim, o Benfica é a imagem do jovem João Antunes que ali, no meio de gente mais forte e mais pesada, mostrou que a alma e a qualidade de um Homem e de um atleta não tem idade nem se mede numa balança, não se intimida, principalmente quando se está a defender o Benfica.

E, hoje, este enorme prazer de ser benfiquista ninguém mo tira."

--------------------------------------------------------

"Como se desvia um jogador e se abotoa um agiota.
Segundo sei, o Benfica propôs 2 milhões de euros por 50% do passe. Os romenos aceitaram. De repente, os andrades contrataram o futebolista pagando 4,5 milhões de euros por 80% do passe.
Não me parece que tenha sido apenas o futebolista que foi desviado…"



PS. Realmente foi incrivel ver o odio com que os adeptos daquele clube do norte, receberam os atletas do Benfica.

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Bo Burnham

Aqui ficam duas musicas de Bo Burnham. Espero que gostem, eu fartei-me de rir. O puto é mesmo bom!

Bo Burnham - Men & Women and Love Is


Já agora, para quem gosta do Bruno Aleixo, passe AQUI e veja os 3 videos do Aleixo no Brasil.

À conquista de Roma

o vídeo que foi exibido ao plantel do Barcelona, pouco antes de se sagrarem campeões europeus:



Ps: já que o meu benfas não de dá alegrias, ao menos o barça.

terça-feira, 2 de junho de 2009

Ferias

O chaparro anda meio parado, e isso deve-se ao inicio das minhas ferias. Não sei o que se passa com o meu brogger, mas as brancas dele por aqui já são habituais. Agora nos proximos dias o numero de posts que vou fazer vai ser inversamente proporcional as horas que vou passar na praia. Tou de ferias, e o numero de horas de "ratice" que tenho passado na praia não me deixam com muita disponibilidade para vir aqui.
A verdade é que também tem havido pouco assunto para aqui deixar. E sempre que se imponha, nas proximas duas semanas, vou passar por aqui para deixar qualquer coisa. Até lá, fiquem bem. Bom trabalho! Vemo-nos num areal perto de si...