domingo, 20 de setembro de 2009

Regressaram...

... os jogos sofridos. Quantos jogos acabámos (nós benfiquistas) em sofrimento nas ultimas epocas. Mas a diferença é que aqui, sofremos, mas marcámos e ganhámos.
Foi uma má exibição do Benfica. Principalmente porque algumas das suas peças estiveram irreconheciveis. Em destaque pela negativa, aponto em primeiro lugar David Luiz. Acho que foi o pior jogo que o vi fazer. Desmoronou completamente depois daquele autogolo, e passou todo o jogo nervoso, desposicionado e perdido. Depois, Di Maria. Fez uma grande pré-epoca, mas a cada jogo que passa, está a regressar o antigo Di Maria. Individualista, e sempre com as piores opções. Quando tem de passar, finta ou remata e quando tem de rematar, passa. Enfim, o velho Di Maria. Ramires também esteve longe do que nos começa a habituar. E por fim, o pior jogador em campo, se é que ele esteve em campo. Keirrison! Toda a gente diz que este miudo é craque. Que por algum motivo o barça o foi buscar. Pois eu ainda não vi nada, e digo mesmo, é o tipo de jogador que não gosto (do que vi até agora, espero estar enganado). Escondido do jogo, sem garra, sem força, não trabalha e até o seu olhar parece sempre distante dos seus colegas e do que se está a passar em campo. Parece um menino assustado que não sabe o que está ali a fazer. Enquanto não melhorar está muito atrasado na luta por um lugar com Weldon.
Por outro lado, Javi Garcia é impressionante. Que grande jogador. Tacticamente, adoro ver este jogador. Sempre bem colocado, duro, raçudo. É assim que se quer o benfica.
Não tenho a certeza quanto ao penalti, e acho que o resultado mais justo seria o empate.
Gostei das opções de risco do Jesus, arriscou e petiscou.
Do Leiria, gostei bastante do André Santos, e do Carlão. Jogadores que o Benfica deveria ter debaixo de olho.
Quero também deixar uma palavra para o jogador mais incompreendido do Glorioso. Nuno Gomes. Não esteve brilhante neste jogo, embora importante no final, quando precisamos de ter a bola. Aí a sua inteligencia foi fundamental. Mas no jogo da Liga Europa, adorei a sua exibição, e o seu golo e principalmente a assistencia para o golo do Cardozo mostram tudo o que ele é. Um enorme jogador.
O importante é que o Benfica ganhou, e a questão que se coloca é: Quem é que pára o Benfica? É que alguem tem de nos parar... Sabemos como é!
Ps. O porque de Luisão ser titular no Banfica (fonte Linha Avançada):

7 comentários:

RT disse...

Mas que negativismo é este Sam?
Para mim não estivémos assim tão mal, foi o pior jogo da liga ok, mas há que ter em atenção que não jogamos sozinhos, o leiria mostrou ser uma equipa mt organizada, com bons jogadores e com potencial para ser a surpresa do campeoanto, como disse o JJ.
Nem sempre podemos/conseguimos jobar bem. É normal. No entanto é com estes jogos de luta e sorte, mas com vitórias, que se fazem os campeões.
Vamos ter um pouco mais de paciência e compreesão com a nossa equipa, não vamos começar logo a criticar a seguir à primeiro jogo que não arrasamos(!)...

Cumps

Rui

PS - Acho que foi penalty, claramente, um jogador não pode abordar um lance assim na área, é jogo perigoso.

Sam disse...

claro q o leiria teve merito, mas n creio q c a nossa ekipa ao melhor nivel eles pudessem criar tantos problemas.
Sabes que gosto do jesus, e gosto desta ekipa e da sua maneira de jogar.
Não é negativismo, nem uma critica destrutiva, apenas uma analise. E se jogaram mal, n posso dizer que jogaram bem...

RT disse...

É negativismo quando já tas à espera que alguém nos pare... vamos ver até onde vai esta onda vermelha! ;)
E até se percebe que a equipa não jogou ao seu melhor, não te esqueças que eles andam a jogar 2 vezes por semana e tiveram 2 dias de intervalo entre o jogo do leiria e do BATE.

Sam disse...

Isso é treta Rui.
Os planteis tem 20 e tal jogadores, em inglaterra jogam durante toda a epoca a meio da semana. Na NBA os jogadores jogam dia sim dia nao com deslocações enormes. Quem quer ganhar tem de estar preparado.
E alguem nos vai parar rui, n é negativismo, e realismo.

RT disse...

Não é bem treta. Os jogadores da premierleague que fazem isso são os grandes jogadores das grandes equipas (Man Utd, Chelsea, Liv'pool) e para aguentar isso por alguma razão são considerados dos melhores jogadores do mundo. Quantos dos nossos jogadores estão habituados a esse ritmo?
Não quero estar numa de desculpar as más exibições (mas vitórias!), mas fazer uma equipa vencedora leva tempo e paciência. Que foi o que não tivemos nestes anos anteriores.
Quanto à NBA é um desporto diferente, não é justo fazer esse tipo de comparações.

Cumps

Rui

Banna disse...

Eu gosto do pormenor de só o FCP se ajudado... Em Guimarães um livre inventado deu a vitória, em Belém marcaram 1 ou 2 golos em fora-de-jogo, APESAR DO RESULTADO JÁ ESTAR DECIDIDOO, ontem mais um penalty que era livre indirecto, é óbvio que o Benfica não tem culpa, mas adoro ouvir que o FCP é sempre beneficiado e o slb os coitadinhos... Rui aborda o lance, corta á bola, jogo perigoso... livre indirecto... enfim...

Contra o Fcp tb nao foi assinalado um penalti, mas o braga ganhou na mesma...

cumps.

Senator Buscetta disse...

Só hoje (passados 5 dias do post) o li e já foi tudo praticamente dito.

Foi provavelmente dos piores jogos do Benfica, mas estou de acordo com o Rui, ganhámos e mesmo assim praticámos um futebol e tivemos uma atitude bem melhor do que a maioria da temporada passada com o Quique. Aceito que os jogadores demonstrem cansaço (apesar de não justificar tudo) e sim, a comparação com a NBA não se pode fazer, são 48 minutos muito mais pausados e com maior rotatividade.

O penalti é um bocado esticado na minha opinião. É verdade que não pode disputar a bola daquele modo, mas a verdade é que também lá chegou primeiro.

Quanto a isso das arbitragens, Sandro, eu não digo que não tenha existido favorecimento nestas jornadas. Os grande são quase sempre beneficiados. E não vou entrar em medições de favorecimento nesta temporada... Mas os registos falam por si.

P.S. - também gostei do André Santos, mas ele está contratualmente ligado ao Sporting