terça-feira, 25 de agosto de 2009

Nota

Jogador rejeita durante dois anos sair de clube. Jogador rejeita dois anos ser emprestado. Jogador fica dois anos a treinar sozinho. Jogador leva carga de porrada num estacionamento da cidade do Porto. Jogador não faz queixa da agressão. Jogador aceita rescindir contrato e assinar por clube servil.
Moral da historia: Esta historia lá tem moral?

Ps. Então e aquele penalti e as duas expulsões ao minuto 64? Ah, isso já deve ter moral.

6 comentários:

Anónimo disse...

moral de merda a tua

Banna disse...

Estava á espera do post, a dizer que o Fcp tinha sido beneficiado, que o penalti tinha sido inventado, bem como a primeira expulsão, e... com a 2ª...
Pensei que ias colocar mais...
Oh fiquei desiludido...

Cumps

Senator Buscetta disse...

Segue-se o atropelamento de jornalistas...

Anónimo disse...

Tumba!

(Sobre este assunto recomendo a leitura da crónica do RAP de Sábado n'A Bola).

Cumps

Rui

Sam disse...

atropelamento nao, um contacto usual com o retrovisor do carro.
bastante usual pelos vistos para aquelas paragens. é isso, é pessoal jogado ao douro c sapatos de cimento, ou acordar de manha c cabeças de cavalo ao lado...

Banna disse...

Completamente desiludido...

Algumas referências:
1ª - Cimento nos pés e jogados ao douro, é para treinar a apneia, pode ser util, para quando tiverem de se dedicar à pesca...submarina.
2ª - Acordar com cabeças de cavalo ao lado, e porque passaram mal a noite com soluços, e assim que acordam os soluços vão embora.

Tudo pensado e repensado...


Cumps.