domingo, 13 de setembro de 2015

E chegou o dia!

Tinha de chegar o dia onde eu ia ficar cheio de pena de não ter visto o jogo. E foi na Sexta.
6-0, não foi para brincar.
E mais que o resultado dizem-me que jogámos bem, que não fizemos mil e um cruzamentos, que pressionamos e tivemos o pé no acelerador até ao fim. Se assim foi, boas noticias.
Olhando para o resumo não dá para ter certezas. Um golo de longe, três oriundos de cruzamentos, e dois derivados de jogadas de envolvimento. Impossível saber sem ver o jogo, se as coisas estão a mudar, ou se apenas houve uma enorme eficácia.
Dizem-me que Talisca teve intensidade, e que recuperou muitas bolas. Como eu gostava de ter visto isso.
Como gostava também de ter visto o jogo de Guedes, e os 20 minutos de Nuno Santos.
Gostava também de ter visto o Mexicano que dizem que mostrou argumentos.
Gostava de ter visto se a presença de Jardel empurrou a equipa para a frente, com um controlo muito melhor da profundidade. Essa é uma duvida que tenho, e explicaria o porque de JJ não apostar em Lisandro. Será que os problemas na linha defensiva seriam devido às coberturas do meio campo? Ou o problema estará em Lisandro?

Agora a grande questão é: esta boa exibição deveu-se aos 15 dias sem competição em que Vitoria pode fazer uma pre-epoca? Ou deveu-se a todas as fragilidades tacticas a que Sá Pinto já nos habituou? Sim, Sá Pinto não é propriamente um bom treinador, e o Belenenses que lembre-se mandou embora Lito, e Simão para ficar com Sá está neste momento muito mal servido de tecnico
O treinador azul diz que "foi penalizado pela eficácia do Benfica". Esta frase é no minimo estranha. Não sei se está a admitir que desconhece o objectivo do jogo, tipo um jogador de snooker que justifica uma derrota afirmando: "Fui prejudicado pelo facto do meu adversário fazer as bolas entrar nos buracos da mesa."
Ou se se trata de uma forma tortuosa de admitir a superioridade do adversário, como se um piloto justificasse o último lugar numa corrida dizendo: "Fui prejudicado pelo facto de todos os outros conduzirem melhor do que eu." O Benfica fez 6 golos porque obviamente foi melhor. E já diz a velha máxima, uma equipa só joga o que a outra deixa jogar!

Esperemos pelos próximos jogos para saber se o Benfica de Vitoria subiu de nível, ou se os pastelinhos de nata estavam mesmo a pedir para ser comidos. Se realmente Vitoria fizer a maquina trabalhar, aqui estarei para meter a viola no saco. E não ficarei minimamente chateado de o fazer!

Ps. Gaitan e Jonas são de outro campeonato. Que maravilha é ve-los vestido de encarnado!

Sem comentários: